Notícias

BRASIL FAZ BONITO NA OLIMPÍADA DA EDUCAÇÃO TÉCNICA

  • 28 de agosto de 2019

O Brasil conquistou a terceira colocação geral na WorldSkills 2019, considerada a Olimpíada da Educação Técnica Profissional que reuniu 1.354 jovens de 63 países em Kazan, na Rússia. A delegação brasileira foi composta por 63 jovens. Foram quatro dias de competições em 56 modalidades que reproduziram o dia a dia do mercado de trabalho. Os brasileiros conquistaram duas medalhas de ouro, cinco de prata, seis de bronze, assim como 28 certificados de excelência em áreas técnicas estratégicas para a indústria do futuro. A cerimônia de premiação aconteceu nesta terça-feira (27/08), na Arena Kazan, um dos estádios da Copa do Mundo de 2018.

A China — que sediará a próxima WorldSkills, em 2021 — ficou em primeiro lugar e a Rússia em segundo. “Os jovens competidores brasileiros são vencedores, entre outras razões, porque fizeram educação profissional. São exemplos que colocam para nós a importância do ensino técnico, para a inserção do jovem no mercado de trabalho, para o primeiro emprego, para a produtividade do trabalho, para a competitividade da economia e para uma política social mais justa e mais equânime”, disse Rafael Lucchesi, diretor-geral do SENAI, instituição responsável pela formação da maior parte da delegação nacional.

A WorldSkills é o maior torneio de educação profissional do planeta. A cada dois anos, jovens de até 22 anos disputam medalhas de ouro, prata e bronze em um país diferente. Cada ocupação tem provas específicas, nas quais os competidores precisam demonstrar habilidades individuais e coletivas e realizar provas em padrões internacionais de qualidade.  Desde 2007,  o Brasil está entre os cinco melhores do mundo na competição.

Conheça todos os medalhistas brasileiros clicando no link bit.ly/2ZnZ53l

Fonte: www.portaldaindustria.com.br

Fotos: Divulgação/CNI

 

Comentar