Em respeito às vítimas, aos funcionários, profissionais técnicos e à sociedade, e diante dos fatos expostos sobre assédio moral e sexual envolvendo o presidente e o procurador-chefe do CFT, os Conselhos Regionais dos Técnicos Industriais (CRT-02, CRT-BA, CRT-ES, CRT-MG, CRT-RN, CRT-RJ, CRT-RS e CRT-SP) manifestam-se e exigem afastamento imediato dos mencionados, conforme determinação do Ministério Público do Trabalho. 

Reforçamos nossos valores de respeito e transparência, e não aceitaremos que situações dessa natureza disseminem no Sistema CFT/CRTs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *