Notícias

Institucional: CRT-RJ e CREA-RJ farão trabalho de cooperação técnica

  • 8 de julho de 2019

A saída dos técnicos industriais do Sistema Confea/ Creas não representou uma ruptura de cooperação técnica entre as duas autarquias federais e nem tão pouco de relacionamento. Assim como os engenheiros e demais profissionais do Sistema Confea/ Creas, os técnicos industriais estão inseridos há mais de 70 anos dentro da Engenharia Nacional e agora diretamente como Conselho profissional, empenhados na fiscalização do exercício profissional e na valorização dos profissionais que é o que move os conselhos regionais. Com esse espírito de cooperação e troca de ideias, foi realizada uma reunião de trabalho no dia 5 de julho com o presidente do CREA-RJ, engenheiro eletricista Luiz Antonio Cosenza e o presidente do CRT-RJ, técnico em eletrotécnica Sirney Braga na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Rio de Janeiro. Participaram da reunião também os representantes jurídicos de ambos conselhos, do CREA-RJ, Dr. Renato Luiz Csaszar e do CRT-RJ, Dr. Leonardo Montalvão.

O procurador do CRT-RJ, Leonardo Montalvão solicitou ao CREA-RJ, o banco de dados para liberar a documentação dos técnicos industriais, tendo em vista que nesse processo de migração da documentação do CREA para o CFT, ocorreu uma perda, o que causou uma inconsistência nos dados cadastrais, prejudicando muitos profissionais.

Representantes do CRT-RJ em reunião de trabalho com presidência do CREA-RJ

 

De acordo com o presidente do CREA-RJ Luiz Cosenza, a documentação foi enviada ao CFT, mas ele se comprometeu a fornecer ao CRT-RJ também toda a base de dados do acervo e cadastro dos técnicos industriais , afirmando que o CREA-RJ está disposto a ajudar no que for preciso na estruturação do Conselho dos Técnicos.
O presidente Sirney Braga que já foi diretor do CREA-RJ, sugeriu a criação de um grupo de trabalho do CREA com o CRT-RJ para auxiliar na parte de atendimento e fiscalização, o que foi aceito por Cosenza.
O presidente Luiz Cosenza aceitou as reivindicações dos representantes do CRT-RJ e acrescentou:
– Eu entendo que temos que fazer tudo para não prejudicar o profissional, independente de quem seja contra ou a favor do Conselho dos Técnicos, ele foi criado e a gente tem que fazer de tudo para dar certo. Vamos atender todas as reivindicações que foram feitas pelo CRT-RJ nesta reunião que envolvem a entrega do cadastro e a criação de um grupo de trabalho do CREA-RJ para auxiliar o Conselho dos Técnicos. Vamos formalizar o pedido e atender. O que pudermos fazer em conjunto para ajudar os profissionais e empresas, vamos fazer. A Engenharia para nós é tudo: são os engenheiros, arquitetos e os técnicos, todos envolvidos nesta área tecnológica que sofre com a crise. Com a retomada do crescimento é que vamos conseguir gerar empregos para todos”.
Fonte: Ascom Renata Idalgo

Comentar