Notícias

Profissões: O que faz um técnico em Agrimensura?

  • 2 de julho de 2019

Entre as competências desenvolvidas no Curso Técnico em Agrimensura, está a interpretação de fotografias aéreas, imagens de satélite e mapas topográficos.

Os profissionais formados no curso Técnico em Agrimensura estão habilitados a atender demandas que envolvem o uso de mapas, plantas e cartas digitais. Os alunos recebem formação humanística, científica e tecnológica, unindo teoria e prática para que os profissionais sejam capazes de atuar de forma ética, empreendedora e consciente no mercado de trabalho. Além de preparar a base para os projetos de uma obra, como medir e representar em plantas os detalhes físicos do espaço onde a edificação deve ser construída, o agrimensor realiza a medição de tudo o que foi feito em leituras de ângulos e distâncias.

O Técnico em Agrimensura também interpreta fotografias aéreas, imagens de satélites e mapas topográficos a fim de analisar o ambiente onde uma obra será executada.

Técnicos em Agrimensura estão habilitados a atender demandas que envolvem o uso de mapas, plantas e cartas digitais

O curso tem duração média de seis semestres, ou três anos, e, é ofertado para alunos que cursam ou já concluíram o Ensino Médio. Entre as disciplinas ministradas, estão conteúdos ligados à Geometria, Direito Imobiliário, Registral e Cadastral, Geodésia e Sistema de Posicionamento Global (GPS). A formação técnica pode ser o primeiro passo para quem deseja cursar a graduação em Engenharia Cartográfica.

Mercado de Trabalho

O desenvolvimento de novas tecnologias ligadas à agrimensura faz surgir diversas oportunidades nessa área. Empresas imobiliárias, por exemplo, precisam do profissional para realizar medição e demarcação de terras para planejar loteamentos. O técnico em Agrimensura pode ainda atuar nos órgãos do governo em projetos de planejamento urbano.
O agrimensor está apto também a atuar de forma autônoma em campos como os da topografia, geodésia, construção civil, demarcação de terras etc. É possível a atuação ao lado de profissionais das engenharias nas grandes empresas do ramo, função bastante promissora no Brasil. Ao lado do Engenheiro Cartográfico, o técnico participa de levantamentos topográficos planialtimétricos, cálculos e desenhos topográficos e documentos cartográficos. Áreas como as de telecomunicações e de manipulação de dados geográficos também carecem desse profissional.
Além das Escolas Técnicas Federais que oferecem o curso, o Senai e o Exército brasileiro também disponibilizam a formação. Um profissional em início de carreira recebe em média R$ 2.500, mas o salário pode chegar a R$ 4.000 dependendo da região do Brasil.

Comentar