ROBÓTICA, HACKER E MERCADO DE TRABALHO DAS TÉCNICAS DOMINAM OS DEBATES NA I SEMANA DOS TÉCNICOS INDUSTRIAIS DO CRT-RJ

Qual o valor que você entrega? Com esta pergunta, o professor, consultor e especialista em finanças pessoais e empresariais, André Delduca (SEBRAE/RJ) instiga os alunos à reflexão. Líder de equipes de trabalho e de projetos, André apresenta, de forma simples, como calcular os custos da prestação de um serviço.
E você, sabe quanto vale o seu minuto? Para André, conhecer seu ponto de equilíbrio é uma condição essencial para ganhar dinheiro.

A segunda parte da tarde foi dominada por elas! Sendo assim, numa área dominada por homens, o que elas têm a dizer? Falas de incentivo, trajetórias, discursos de sucesso e engajamento feminino tomaram conta do auditório da Faetec nas vozes das técnicas de operação Juliana Vasconcellos e Isabella Sulaiman. Ambas trabalham na Hispamar, empresa referência no setor de telecomunicações via satélite, atuante em mais de 30 países.
Na moderação, as conselheiras Ana Paula Ribeiro, Rosângela Pereira e Nazilda Fernandes, estabeleceram uma roda de conversa convidativa para os jovens presentes.

Para fechar o primeiro dia de palestras da I Semana Estadual do Técnico Industrial, um bate-papo com o hacker que invadiu a NASA. Para uma geração de nascidos após os anos 2000, o relato do ex hacker e atual empresário, desmistifica a visão negativa que as pessoas têm de um hacker. Wanderley apresentou para a plateia seu histórico de conquistas, num período em que ter um computador e acesso à internet era uma realidade ainda mais distante. E se hoje, a tecnologia se apresenta como fundamental para o desenvolvimento da área técnico industrial, o engajamento daquele menino, de alguma forma, se reproduziu por alguns instantes, nos olhares dos jovens estudantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *